Professor Cardy



Cardicas > Tabuada com as Mãos

Quando eu era pequeno e a Matemática ainda não tinha o apelo intelectual que tem para mim hoje em dia - confesso! - Eu não sabia a tabuada...

Meu problema não era a Matemática mas sim qualquer coisa que me obrigassem a saber decorado. Veja, acredito sinceramente que muita da birra de exatas é que no início a influência da bitola seja tão negativa na vida do indivíduo que uma coisa seja confundida pela outra.

Minha experiência com a tabuada foi ainda mais longe: minha professora primária foi taxativa em proibir que as contas fossem feitas com as mãos e que isso nunca faria que entendessemos a tabuada. Quer dizer, não tinha que só saber; tinha que saber fazer daquele modo.

Pense comigo. Nosso sistema DECIMAL justamente foi herdado pela herança de nossos antepassados que faziam as contas com as mãos. Bem, não que fazer contas como as crianças desejam fazer é o mais apropriado... contanto de um em um. Mas deve ter tido um grande motivo para que os dedos viessem a colaborar na história da aritmética para acabarmos ficando com o sistema numérico decimal.

Tem sim e vou ilustrar rapidinho. Basta que você utilize o seguinte processo que vale para qualquer combinação de fatores {6, 7, 8, 9}. Assume-se que as tabuadas do 2, 3, 4, e 5 sejam já conhecidas (para simplificar a explicação).

Cada uma de suas mãos será representande de um dos fatores de uma multiplicação qualquer.

REGRA PRÁTICA

Exemplo
 
7 x 6

Abaixe da mão do 7 dois dedos (porque 7 é dois a mais que o cinco) e da mão do 6 um dedo (porque o 6 é um a mais do que cinco)

1) o total de dedos abaixados é o total de dezenas do produto. Temos 3 dedos abaixados, logo, 30
2) a quantidade de dedos esticados da mão do sete (3 dedos) e a quantidade de dedos esticados da mão do 6 (4 dedos) serão multiplicados: 3 x 4 = 12

3) some o total de (1) com (2), ou seja, 30 + 12 = 42

7 x 6 = 42

Exemplo
 
8 x 9

Abaixe da mão do 8 três dedos (porque 8 é três a mais que o cinco) e da mão do 9 quatro dedos (porque o 9 é quatro a mais do que cinco).

1) o total de dedos abaixados é o total de dezenas do produto. Temos 7 dedos abaixados, logo, 70
2) a quantidade de dedos esticados da mão do oito (2 dedos) e a quantidade de dedos esticados da mão do 9 (1 dedo) serão multiplicados: 2 x 1 = 2

3) some o total de (1) com (2), ou seja, 70 + 2 = 72

8 x 9 = 72

Exemplo
 
7 x 7

Abaixe da mão do 7 dois dedos (porque 7 é dois a mais que o cinco) e da mão do outor 7 também dois dedos.

1) o total de dedos abaixados é o total de dezenas do produto. Temos 4 dedos abaixados, logo, 40
2) a quantidade de dedos esticados da mão do sete (3 dedos) e a quantidade de dedos esticados da outra mão do 7 (3 dedos) serão multiplicados: 3 x 3 = 9

3) some o total de (1) com (2), ou seja, 40 + 9 = 49

7 x 7 = 49